Pataniscas de Feijão verde (a la Marmita)

Bom dia Alegria,

Por haver feijão verde em abundância, resolvemos fazer cá em casa a bela da Patanisca, que é o mesmo que os peixinhos da horta mas com o feijão picadinho como se fosse para sopa, envolvido numa polme (ovos, leite, farinha) e frito às colheradas, sei que não se deve de abusar nos fritos, mas aqui é raro por isso estou de consciência tranquila.
Inspirada por outras receitas com outros legumes e formas de confecção, relembrando dicas lidas em revistas ou mesmo ouvidas da TV e indo embalada pelo livro que finalizei ontem de ler "Aromas do Amor" de Dorothy Koomson (cuja leitura aconselho, aliás todos os livros dela até agora têm valido bem a pena), reuni os ingredientes, comecei a fazer da forma tradicional, mas fui "descarrilando" e acrescentando o que me dava na real gana (risos).
Até poderá haver parecida, não faço ideia, mas espero que façam e desfrutem, assim sendo e acrescentando na última "fornada" de massa mais um ingrediente que modificou e em bom o sabor, aqui vai a receita (que da próxima faço logo assim do início). Peço-vos desculpa desde já as quantidades não irão ser correctas eu faço a olho consoante acho que faz falta, mas os ingredientes, esses foram os acertados.
O feijão cozi na máquina de cozer a vapor, que lhe confere um sabor único (já não bastava ser 100% biológico, risos). Esta semana até usei-a bastante, desde para cozer legumes para salada russa, até beterrabas, passando por uns ingredientes que utilizei numa receita também recriada (a la Marmita) que será para vos mostrar em breve.

Pataniscas de Feijão Verde (a la Marmita)

Ingredientes:
300 grs Feijão verde (picado e cozido)
3 Ovos médios
Farinha q.b. (cerca de 3 mãos cheias)
Leite q.b. (cerca de 1/2 copo alto)
Cerveja q.b. (cerca de 1/2 cerveja média)
Caril q.b.
Sal q.b.
Cebolinho (picado) q.b.
Óleo para Fritar q.b.
1 Cháv. de Arroz
2 Cháv.de Água a ferver
Alho moído q.b.
Ervas da Provença q.b.

Preparação:
Leve ao lume uma frigideira a aquecer com o óleo.
Numa tigela bater bem os ovos, com o leite e a farinha até ficar homogénea. Junte a cerveja e mexa mais um pouco, adicione o feijão verde misturando para ficar bem ligado . Tempere com sal, caril e o cebolinho (este foi o último ingrediente que adicionei).
Despeje colheradas de massa para fritar e deixe ficar bem douradinhas, retire e escorra numa bandeja forrada com papel absorvente.
Entretanto, leve ao lume o arroz (como fiz aqui) e tempere com o alho moído, sal e as ervas de Provença.
Sirva com salada e já está pronto a servir.


Sugestão: Em vez da cerveja também podem usar água com gás para dar leveza à massa. O feijão eu cozi na máquina de vapor que lhe confere um sabor diferente (não fosse ele biológico, ainda tinha que melhorar).
O melhor elogio, a minha mãe (que foi com quem aprendi a fazer a receita base) pediu-me a minha (risos).


Espero que gostem!!!!!

Beijinhos e Bom fim de Semana.



Mensagens populares