Sumo de Romã

Boa noite Alegria,

Finalmente a chuva chegou e com ela a acalmia dos incêndios.
Mas com a chuva vieram também umas belas dores de coluna, com enxaquecas a reboque, mas com as dores já longe, foquei -me em algo bem melhor, nas minhas queridas Romãs.
Nós só tínhamos o hábito de descascar, tirar a fibra, retirar os bagos e comer, mas no outro dia estive com uma senhora que não sei como veio se a falar de romãs, quando ela nos diz que guarda as garrafinhas de água vazia para fazer sumo e congelar, porque assim pode saborear o sabor durante todo o ano. Eu claro perguntei logo como é que ela vazia, porque só estava a imaginar cortar a romã ao meio e espremê-la como se faz com as laranjas. Oh alminha  (risos) então para que serve a centrifugadora???? E assim se faz o sumo de romã, coisa simples mas com todo o sabor da mesma e sem a chatice dos mini caroços.

Sumo de romã

Ingredientes:

Bagos de Romãs (muitos, muitos, muitos)
Gelo q.b.
Folha de hortelã (opcional)

Preparação:

Apenas passar os bagos na centrifugadora, colocar o gelo e a folhinha de hortelã e está pronto a saborear.

Nota: Convém serem mesmo muitos bagos porque não rende muito sumo, mas é uma boa forma de aproveitarem caso virem que não dão conta de todas as que tiverem na árvore. Aqui usou-se cerca de 7 romãs deve de ter dado pouco mais de 500 ml. Estava aqui a pensar que fazendo uma calda e juntar aguardente também deve de dar um belo licor.
Também podem preparar no liquidificador, mas depois têm o trabalho de coar tudo.

Por hoje é tudo, espero que gostem.

Beijinhos.




Mensagens populares